Tendências de inovação na saúde: Neomed e Tecnoset apresentam webinar sobre como acelerar diagnósticos

8 minutos para ler

Com o objetivo de apresentar as tendências de inovação na saúde e novas tecnologias que promovem melhorias no processo de diagnóstico de clínicas e hospitais, o Grupo Tecnoset, one-stop-shop do setor tecnológico, em parceria com a Neomed, apresentam o webinar “Como acelerar o diagnósticos nas instituições de Saúde”. 

O webinar conta com a presença de especialistas de diversas áreas, que levantam formas de acelerar diagnósticos nas instituições de saúde sem abrir mão de segurança e qualidade. São eles: Diandro Mota, cardiologista e diretor médico da Neomed, Camila Vilar, Project Manager Officer da Rede AmorSaúde, Rafael Munerato, cardiologista e sócio colaborador da Infinite Educational. A mediação do evento foi realizada por André Pimentel, Diretor Comercial do Grupo Tecnoset.

Confira, neste post, um resumo dos temas abordados no bate-papo sobre as tendências de inovação na saúde.

O cenário tecnológico dentro de hospitais, clínicas, farmácias e laboratórios

O cuidado e a segurança do paciente são pontos fundamentais para a boa gestão em saúde. Com a pandemia, essas questões passaram a ter ainda  mais valor para a prestação de serviços. Por isso, a necessidade de contar com processos seguros, ágeis e eficientes de identificação e comunicação dentro da operação hospitalar está cada vez mais nítida para os profissionais da área. 

Quando se trata de regiões interioranas, a gestão em saúde é ainda mais complexa. Muitos profissionais trabalham  sem a infraestrutura adequada e com uma série de desafios que dificultam a tomada de decisão médica. Um deles trata-se do diagnóstico, visto que, por vezes, os profissionais não têm acesso a laudos de qualidade ou disponíveis em tempo hábil, estando  sujeitos à variabilidade das situações. A união entre tecnologia e saúde vem para resolver esse e outros desafios, como a interoperabilidade entre os diversos tipos de sistemas e equipamentos do setor. 

Segundo o cardiologista e Diretor Médico da Neomed, Diandro Mota, “é muito comum haver estabelecimentos de saúde com quatro, cinco ou seis sistemas diferentes para operar”. Se não houver integração entre eles, o cadastro e o acesso às informações  podem se tornar processos morosos, muito mais sujeitos a erros humanos e ao retrabalho.

É por isso que investir em soluções que consideram as peculiaridades do setor contribui positivamente para a otimização dos processos e a integração entre softwares e o fluxo de trabalho da operação.   

Para o mediador do evento, André Pimentel, nós “já passamos da época em que o mercado precisava se adaptar às tecnologias. Hoje em dia, as soluções tecnológicas só fazem sentido se forem adaptadas às necessidades de cada segmento. No setor da saúde, é fundamental que as soluções desenvolvidas considerem a dinâmica e as particularidades da operação médica, pois ela necessariamente precisa fazer sentido para quem as opera.”

Na prática, como é possível acelerar os processos e diagnósticos?

“Através de boas parcerias”, segundo o sócio colaborador da Infinite Educational, Rafael Munerato, que afirma: “quando desenvolvemos um plano de negócio, um dos elementos mais difíceis de preencher é contar com bons parceiros. Afinal, tudo acaba se resumindo aos recursos, insumos e parceiros que temos para ajudar. Por isso, é fundamental que as pessoas conheçam o trabalho de bons parceiros, como a  Neomed e Tecnoset e possam entender o quanto pode facilitar o trabalho delas.” 

Habilidade para lidar com os recursos disponíveis x contar com bons parceiros

Para Rafael, encontrar bons parceiros que contribuam para os laudos de exames de métodos gráficos não é uma tarefa fácil: “o desafio já começa na decisão de qual aparelho comprar: quais marcas? Quais modelos? Esse é apenas o primeiro obstáculo, seguido por preços, manutenção, adequação, laudo… No entanto, se você tiver um bom parceiro, sobrará tempo e energia para focar no seu core business. É por isso que conseguir parceiros adequados é uma ação com muito valor agregado. E a parceria com o telelaudo da Neomed coroa esse tipo de apoio. Não tenho dúvidas do quanto ela vai agregar para vocês poderem se preocupar apenas com o atendimento.” 

Como as soluções tecnológicas podem ajudar com a inovação na saúde?

A Neomed quer impactar o cenário mundial de saúde garantindo a entrega de diagnósticos rápidos, especialmente para doenças cardiovasculares. Foi o que disse o Diretor Médico da healthtech, Diandro Mota, antes de acrescentar: “nossas soluções possuem integração com a maioria dos softwares e hardwares do mercado, o que aumenta a capacidade institucional de receber exames e laudos em um breve espaço de tempo”.

Outro ponto que merece destaque são as soluções de gestão que conseguem centralizar todas as informações em um só lugar, fator que fornece muito mais segurança para a instituição, possibilitando auditorias e resguardo jurídico, em caso de notificações judiciais.     

Conforme colocação do mediador do evento,  André Pimentel, outro problema que a inovação na saúde pode solucionar é a manutenção dos equipamentos. Afinal, cada equipamento tem sua gama de descartáveis e insumos, que demandam manutenção regular. E não adianta possuir o equipamento se ele não está apto para o uso. Estamos falando de uma cadeia de eventos que não deve estar inclusa no tempo da operação, mas sim no trabalho da equipe de tecnologia.” 

Saiba como a Inteligência Artificial (IA) pode contribuir para o dia a dia do setor médico

Recentemente, o cardiologista, cientista, professor de medicina molecular e autor norte-americano Eric Topol declarou que: “A inteligência artificial não vai substituir os médicos, mas sim os médicos que utilizam IA vão substituir aqueles que não usam”. Durante o evento, o Dr. Diandro endossou essa perspectiva. 

Segundo o cardiologista, a IA não substitui o cardiologista, mas melhora os processos da operação clínica, contribuindo para o aumento da acurácia dos exames. O Kardia, por exemplo, que é o hub cardiológico da Neomed, otimiza o processo de diagnóstico cardiovascular. 

Esse resultado só é possível graças à elevada acurácia do Kardia para detecção de arritmias cardíacas graves unida à uma equipe de cardiologistas de plantão. O  hub  é um dos exemplos de como a IA contribui para a redução das limitações humanas – já que possui maior capacidade de análise que um indivíduo – e é ideal para auxiliar na definição de prioridades da equipe.  

Como tornar a sua instituição de saúde mais produtiva com as soluções certas 

A AmorSaúde é a maior rede de clínicas populares do Brasil, com 325 unidades e mais de 1 milhão de atendimentos mensais. A Project Manager Officer da rede, Camila Leite, marca presença no evento relatando como conseguiu aumentar a produtividade da rede, reduzir custos operacionais e ampliar o negócio com o auxílio das soluções da Neomed. 

“Acima dos números, está a nossa missão de levar saúde acessível para os nossos clientes. A parceria com a Neomed e a Tecnoset está nos ajudando a levar saúde de qualidade para as classes C e B do Brasil, com a qualidade que o nosso paciente merece.”

Sobre contar com um sistema de gestão integrada e acessibilidade eletrônica, a Project Manager Officer da AmorSaúde afirmou que: 

“A centralização das informações em dashboards é essencial para realizar a gestão dos números de exames e nos mostrar aonde queremos chegar. Além disso, conseguimos garantir que as equipes tenham fácil acesso ao histórico dos pacientes. Isso nos dá a possibilidade de direcionar investimentos e levar esse cuidado para a população que antes não tinha acesso.”

A Camila também destacou como a parceria trouxe resultados significativos  para as clínicas da Rede. Nesse sentido, o marketing “boca a boca” tem dado certo, a rede já conta com mais de 70 clínicas operando junto a Neomed e Tecnoset. Neste link, conheça a parceria de sucesso entre Amor Saúde e a Neomed. 

E aí, quer fazer como a rede AmorSaúde e otimizar os processos, alavancando os resultados da sua instituição? Assista ao webinar sobre tendências de inovação na saúde para acelerar diagnósticos:

Você também pode gostar

Deixe um comentário