Soluções de Telemedicina para inovar na gestão Hospitalar

Inteligência Artificial na Medicina
14 minutos para ler

A COVID-19 foi um ponto de inflexão na história das tecnologias na saúde. O Brasil, nesse sentido, é um dos países que acompanha o crescimento exponencial, desenvolvendo inúmeras soluções de telemedicina e crescendo rapidamente quanto ao uso da tecnologia no cuidado à distância.

Segundo o estudo publicado na revista científica Plos One, nos seis primeiros dias após a primeira morte causada pelo vírus, as consultas por meio de soluções de telemedicina cresceram cerca de 800% no país. O dado ilustra como o cenário da saúde nacional foi significativamente transformado em um curto período de tempo. 

Através de um avançado processo para troca de informações médicas, monitoramento de pacientes e análise de laudos de diferentes exames, a telemedicina tem evoluído para um expressivo apoio à medicina tradicional. 

Se antes os profissionais de saúde tinham poucas ferramentas para atuar com a telemedicina, agora o setor conta com uma ampla variedade de soluções tecnológicas, de diversas categorias.  

Ao longo do artigo, falaremos em detalhes sobre cada uma delas. Acompanhe! 

O que é telemedicina?

A telemedicina usa telecomunicações e tecnologia da informação para fornecer assistência médica à distância. O termo engloba toda a prática médica executada à distância, independente do instrumento utilizado para essa relação. A função da ferramenta é facilitar o acesso à saúde em todas as escalas, beneficiando tanto as instituições quanto os pacientes. 

Hoje, a telemedicina está presente no agendamento virtual, na emissão de laudos, na possibilidade de comprar medicamentos com receituário eletrônico, na disponibilidade de aplicativos para registro de vacinas e atendimentos, entre diversas outras possibilidades.

No Brasil, apesar de ter surgido ainda na década de 90, a telemedicina passou a ser regulamentada a partir de 2002, quando conselhos ligados à saúde criaram as resoluções que regeriam todos os profissionais atuantes na área, por meio da Lei n. 1.643 do CFM.  

A partir dela, foi determinado que os serviços prestados via telemedicina devem possuir  apropriada infraestrutura tecnológica e obedecer às normas técnicas do CFM. 

Diante do cenário de pandemia, o Conselho Federal de Medicina (CFM) irá publicar uma nova resolução com as normas éticas, técnicas e seguras para o uso da telemedicina no país.

Benefícios da Telemedicina para os hospitais

Soluções de Telemedicina

A tecnologia aprimorada tornou a telemedicina mais fácil, mesmo para aqueles que não se consideram familiarizados com o uso de computadores. 

Dentre as vantagens que tornaram as soluções de telemedicina atrativas para clínicas e hospitais, estão: 

Otimização do tempo e aumento da produtividade da equipe

Se há uma coisa que profissionais da saúde não têm, é tempo livre. 

Eficiência e terceirização estão entre os principais benefícios da telemedicina para clínicas e hospitais. 

Aplicativos móveis e portais de pacientes permitem que agendem suas próprias consultas, solicitem exames e vejam os resultados do laboratório – tudo isso significa menos chamadas para a operação. 

Além disso, a tecnologia de armazenamento, encaminhamento e outros tipos de comunicação móvel ajudam os profissionais de saúde a colaborar com mais rapidez, otimizando o fluxo de trabalho. 

Centralização e armazenagem das informações

Nas soluções de telemedicina de qualidade, o armazenamento dos dados é hospedado na nuvem, portanto, não requer espaço físico para o arquivamento de material.

Centralizar e armazenar informações é uma forma competente de aumentar a eficiência da saúde, já que o médico, paciente e o especialista não precisam estar fisicamente no mesmo lugar ao mesmo tempo. 

Isso significa menor tempo de espera do paciente, fácil acesso a especialistas (mesmo em locais com escassez da especialidade necessária) e um atendimento otimizado para o médico, que pode revisar o caso com facilidade se for necessário.

Redução de custos

Do ponto de vista econômico, a telemedicina ajuda a reduzir os custos das instituições médicas, sejam clínicas ou hospitais. 

Afinal, ter uma força de trabalho especializada requer muito investimento. 

Para a realização de exames complexos e específicos, por exemplo, a instituição depende da análise de profissionais qualificados na área.

Ainda que o estabelecimento tenha uma equipe apta a suprir as necessidades de interpretação dos dados, os especialistas nem sempre  estarão disponíveis.

 Veja como a Rede AmorSaúde solucionou esse problema

Segurança 

Quando o assunto é segurança na telemedicina, existem diferentes aspectos que devem ser contemplados pelo tema.

Não é para menos, já que os dados de pacientes contêm informações sigilosas e particulares, definidos pela LGPD como dados sensíveis, que necessitam de um tratamento que garanta a proteção das informações. 

Por meio da telemedicina, o acesso às informações depende de login associado a uma senha, além de todo o processo ser assegurado por tecnologia criptográfica.

Diagnósticos mais ágeis e precisos 

O cruzamento de informações e a opinião especializada sempre foram essenciais para a tomada de decisão médica. 

No entanto, a evolução da tecnologia permitiu o acesso e o cruzamento de milhares de dados que antes eram descritos somente em livros, resultando em uma maior agilidade nos sistemas de detecção de doenças.

O médico de plantão, por mais capacitado que seja, nem sempre possui as ferramentas necessárias para coletar as informações diretamente do paciente. 

Com diferentes fontes de informação, o profissional poderá ampliar o panorama do cuidado, considerando criteriosamente outros contextos e procedimentos vivenciados pelo usuário.

Soluções de Telemedicina: conceitos e exemplos 

Soluções de Telemedicina

Quando a telemedicina é utilizada de maneira adequada, pode oferecer vantagens reais para o sistema de saúde. O mercado nacional, inclusive, já oferece uma série de soluções capazes de otimizar o dia a dia hospitalar.  

Teleconsulta

São as consultas médicas, mediadas por tecnologias, em que médicos e pacientes se encontram virtualmente. 

Uma premissa obrigatória desse conceito é o estabelecimento prévio de uma relação presencial entre o médico e o paciente. 

Nos atendimentos por longo tempo ou de doenças crônicas, é recomendado uma consulta presencial em intervalos não superiores a 120 dias.

O ideal é que as consultas ocorram de forma integrada ao prontuário eletrônico do paciente, garantindo mais segurança para a instituição e o paciente. 

O software médico de Teleconsulta iClinic ou Conexa Saúde, por exemplo, é uma solução clínica que adota essa e outras práticas recomendadas pela LGPD.  

Teleducação 

A teleducação é a utilização de ferramentas tecnológicas para a construção e aperfeiçoamento de conhecimentos de médicos e profissionais da área da saúde.

O robô Pupila, por exemplo, é uma solução que reúne artigos e tendências dos principais periódicos, revistas e publicações que são referências na medicina, além de oferecer conteúdos analisados por uma equipe de experts.  

Outra solução que empodera os profissionais da área médica é a Sanar Saúde. A startup desenvolve produtos que unem conhecimento e tecnologia com o objetivo de direcionar e preparar o profissional para cada fase e desafio da carreira.  

Quem também oferece conteúdos que auxiliam na hora da tomada de decisão clínica é o Portal Pebmed. Feito por médicos para médicos, o portal desenvolveu o aplicativo Whitebook para a consulta de conteúdos e ferramentas confiáveis.  

Prescrição Digital

Essa modalidade abrange a digitalização da prescrição de medicamentos. 

Assim como a maioria das soluções de telemedicina, otimiza o fluxo de trabalho ao reduzir o índice de erros humanos. 

Em Manaus, por exemplo, 29% das prescrições digitalizadas em 2014 continham erros, contra 71% das manuais.  

O sistema de prescrição da Memed é um exemplo de solução de prescrição integrada que oferece facilidade ao prescrever e confiabilidade, com uma base de dados com mais de 20 mil medicamentos.   

Outro exemplo disponível no mercado é o Interage, desenvolvido pela Intmed, uma solução integrada que reduz o risco de complicações causadas pelo efeito de interações medicamentosas.   

Nascida para antecipar o futuro no sistema de saúde, a NexoData também desenvolveu uma solução completa de prescrição eletrónica de medicamentos para prestadores de saúde, empresas de tecnologia e farmácias.  

Teleinterconsulta

É a troca de informações e opiniões entre médicos, com ou sem a presença do paciente, para segunda opinião, seja no auxílio diagnóstico e terapêutico ou clínico e cirúrgico.

O Onco TeleInterconsulta, por exemplo, é uma solução que facilita o diálogo médico-para-médico e, por meio de ferramenta digital, possibilita discussões de casos clínicos com qualidade e agilidade, à distância.

O App NefroAssistance aproxima e facilita a comunicação de pacientes que precisam de uma teleconsulta em nefrologia. 

A plataforma reúne os melhores nefrologistas do país, prontos para oferecer atendimento e orientações clínicas com praticidade, conforto e segurança. 

Outra empresa que possibilita a troca de informações técnicas e encaminhamentos entre profissionais de diversas equipes multidisciplinares é a Global Brain

A healthtech é especializada em soluções de teleinterconsulta em diferentes especialidades médicas.  

Teleconsultoria

É o ato de consultoria mediada por tecnologias entre médicos e gestores, profissionais e trabalhadores da área da saúde, com a finalidade de esclarecer dúvidas  sobre  procedimentos,  ações de saúde e questões  relativas ao processo de trabalho.

O TelessaúdeRS oferece um serviço de teleconsultorias gratuitas por telefone, esclarecendo dúvidas sobre diagnóstico e tratamento, baseadas nas melhores evidências científicas. 

O objetivo é ajudar a resolver os problemas de saúde dos pacientes de forma mais rápida. As dúvidas são respondidas em tempo real, sem a necessidade de agendamento prévio, através do 0800 644 6543. 

Telediagnóstico

É o compartilhamento de exames e informações, por meio de soluções digitais seguras, para análise e diagnóstico médico à distância. 

Podem ser documentos de diversas especialidades, em método gráfico, imagens e/ou dados, por isso demanda um corpo clínico de alta qualidade para as análises, como a equipe da Neomed, que é especializada na análise e telelaudo de exames cardiológicos.

O telediagnóstico deve ser realizado conforme diretrizes científicas propostas pela Associação de Especialidade vinculada ao método, segundo determina o Decreto do Governo Federal nº 8.516, de 10 de setembro de 2015.

Teletriagem médica

É a operação remota realizada por médicos para avaliar sintomas a fim de estabelecer procedimentos preliminares adequados para o atendimento médico, como definição e direcionamento do paciente a um especialista.

Nesta modalidade, o médico deve destacar e registrar que não se trata de um diagnóstico médico, assim como os estabelecimentos de saúde devem oferecer e  garantir todo o sistema de regulação para encaminhamento dos pacientes. 

Laura, robô que utiliza inteligência artificial (IA), é um exemplo de teletriagem. 

O paciente acessa a plataforma e passa pelo Pronto Atendimento Digital (P.A. Digital), momento em que a robô Laura realiza uma análise de seus principais sintomas e sinais vitais, a fim de identificar se o caso se enquadra como suspeita de Covid-19.

Outro exemplo de solução capaz de identificar sintomas precocemente e de maneira escalável é a CogniSigns

O objetivo da empresa é que condições mentais e as principais doenças do mundo possam ser diagnosticadas precocemente por meio da triagem digital.

Telemonitoramento

São ações realizadas remotamente sob supervisão e orientação médica para monitorar parâmetros de saúde e/ou doença por meio da análise de imagens, sinais e dados de equipamentos conectados a pacientes em  regime de internação clínica  ou domiciliar.

Esta modalidade inclui a coleta de dados clínicos, sua transmissão, processamento  e  manejo sem que o paciente precise se deslocar até uma unidade de saúde

Os Apple Watch, que por muito tempo tinham tecnologias voltadas para o mundo fitness, agora possuem funcionalidades para o bem-estar, como um sensor de oxigenação do sangue e eletrocardiograma. 

Outra solução que faz o monitoramento de casos crônicos e reduz custos assistenciais é a Previva

A plataforma foi desenvolvida para facilitar o planejamento, a execução e a avaliação de programas de medicina preventiva e promoção da saúde.

Soluções de Telemedicina com apoio de Inteligência Artificial 

Com sua capacidade de reconhecer padrões e aprender a partir disso, não é exagero dizer que tudo pode ser ensinado à Inteligência Artificial (IA). 

Ela é substancialmente mais rápida na análise de imagens e permite a automação de tarefas manuais demoradas. Por não estar restrita à hora médica de trabalho, é uma solução que auxilia e reduz o tempo do médico.

Nesse sentido, acelerar a revisão de casos aumenta a produção dos laboratórios de patologia, permitindo que novos pacientes sejam aceitos. 

Além disso, com a otimização do fluxo de trabalho, a equipe médica pode se concentrar por mais tempo no cuidado ao paciente, e não somente na sua doença.

É fato que, embora a maioria dos profissionais de saúde seja altamente especializada, boa parte conta com ferramentas falíveis e demoradas para a revisão de casos e diagnósticos clínicos. 

Enquanto isso, os sistemas de inteligência artificial melhoram a precisão das análises, reduzem os vieses e padronizam a revisão da amostra, democratizando o atendimento aos pacientes. 

Dentre suas diversas aplicações na saúde, estão:

Inove na gestão da sua instituição com as soluções de telemedicina da Neomed 

A Neomed é uma healthtech especialista na emissão de laudos cardiológicos à distância. Há pouco mais de três  anos no mercado nacional, desenvolveu um sistema de gestão e telelaudo que traz facilidades tanto para as clínicas e consultórios quanto para médicos de todos os lugares.

Quer reduzir os custos da sua instituição de saúde e contar com uma equipe de cardiologistas altamente qualificada, 24 horas e 7 dias na semana, com laudos emitidos em até 10 minutos?

Soluções de Telemedicina

Confira as vantagens de ter as nossas soluções de telemedicina implementadas na sua instituição de saúde:  

  • Disponibilidade de uma equipe médica de especialistas altamente qualificados todos os dias, 24h;
  • Laudos precisos e entregues com agilidade, de acordo com a necessidade, emitidos por especialistas;
  • Gestão das informações de forma centralizada em dashboards de acompanhamento;
  • Interoperabilidade com os principais sistemas utilizados na área da saúde;
  • Proteção dos dados dos pacientes em respeito às diretrizes da LGPD e armazenamento das informações segundo a determinação da Anvisa.

Além disso, desenvolvemos um hub de Inteligência Artificial que alia medicina à tecnologia para detectar com rapidez doenças do coração, acelerar o diagnóstico e salvar mais vidas no atendimento à emergência médica, o Kardia.  

Clicando aqui, você pode conferir como o Hospital de Azambuja tem alcançado esses objetivos.   

Para solicitar um projeto piloto e aumentar a produtividade do seu negócio, entre em contato com nossa equipe.

Você também pode gostar

Deixe um comentário