Entenda a importância da segurança dos laudos do paciente

segurança dos laudos do paciente
6 minutos para ler

Prezar pela segurança dos laudos do paciente é um dos pontos fundamentais da credibilidade e idoneidade de uma empresa. Além da excelência dos serviços de laudos, as instituições devem garantir a confidencialidade dos dados gerados.

Por isso, é importante conhecer as ferramentas que aperfeiçoam a geração de laudos, proporcionando objetividade aos documentos e agilidade na entrega com a utilização de diversas plataformas para atender o paciente.

Outro ponto crucial é investir em tecnologias para gerar laudos em menor tempo, baixo custo e com mais detalhes, fatores que não se observavam nos métodos tradicionais de impressão de resultados.

Quer saber mais sobre como gerar segurança aos laudos do paciente? Então, não perca as informações que daremos a seguir!

A importância de gerar dados confiáveis do paciente

Com os recursos tecnológicos, muito serviços anteriormente manuais, hoje, estão nas plataformas digitais e podem ser encaminhados para os prestadores clínicos por modalidades diversificadas.

Isso significa que as informações clínicas, medicamentosas e o histórico de exames laboratoriais e radiológicos do paciente serão compilados em pastas virtuais que podem ser acessadas de forma simples e prática.

Porém, a praticidade e a evolução nos atendimentos trouxeram consigo a grande preocupação de manter a confidencialidade dos dados do paciente, principalmente para atender aos requisitos preconizados pela Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD.

Com isso, não basta que a empresa tenha um software para arquivo e compartilhamento de dados do paciente. É fundamental mantê-los em segurança por meio de senhas individuais e acesso digital restrito aos funcionários.

A manutenção da segurança dos laudos do paciente

Um laudo médico é o resultado dos achados de um exame acrescido da interpretação do médico em relação à hipótese diagnóstica. Esse documento pode servir para identificar um problema, acompanhar uma enfermidade ou diferenciar as doenças levantadas.

Como se trata de algo pessoal, todas as atividades relacionadas à emissão e guarda desses documentos devem seguir critérios para não expor desnecessariamente o indivíduo perante os funcionários. Também é fundamental elaborar barreiras para evitar o vazamento de informações pessoais comprometedoras de forma intencional, podendo incorrer em processos judiciais.

Pensando nisso, as empresas que desenvolvem softwares para instituições clínicas devem colocar barreiras contra invasores virtuais, criar acesso por meio de senhas com caracteres diversos e ter programas de backups frequentes. Além disso, as clínicas devem monitorar a atividade dos funcionários no acesso e nas edições realizadas, para responsabilizar qualquer situação que possa comprometer a identidade do paciente.

Os diferenciais de um bom sistema de segurança para laudos

Sabendo da responsabilidade em gerar e armazenar de forma segura os laudos dos pacientes, as empresas devem sempre buscar por ferramentas efetivas, inovadoras e que atendam ao perfil do gestor.

Pensando nisso, listaremos, a seguir, os principais diferenciais de um bom software de gestão de laudos.

Plataforma cloud que centraliza todos os exames

Os exames radiológicos, por exemplo, ocupam um espaço gigantesco na memória do computador, sendo crucial optar por métodos virtuais para armazenar esses documentos, devido à quantidade de imagens anexadas.

Uma das alternativas para esse desafio é a possibilidade de guardar os laudos em uma plataforma cloud que centraliza os procedimentos já realizados, independentemente do tipo de exame, especialidade ou equipamento utilizado.

Dessa forma, ao migrar esses resultados para um armazenamento virtual, além da facilidade de acesso em qualquer computador, é possível inserir senhas que monitoram as atividades realizadas.

Além disso, com a centralização dos dados será viável para o médico gerenciar o histórico de exames, acompanhar a evolução clínica e propor intervenções mais seguras ao estado de saúde do paciente.

Área médica com excelência na garantia de laudos

A segurança de laudos do paciente deve ter premissas tanto simples quanto complexas. Nesse sentido, o software deve monitorar desde as informações cadastrais até as clínicas. Dessa forma, devem ser criados mecanismos de controle para evitar o cadastro de homônimos, barreiras para impedir novas edições do cadastro do usuário, rastreabilidade das ações etc.

Também é preciso criar ferramentas que avaliem o conteúdo dos laudos técnicos produzidos, em relação aos tópicos relevantes dentro de um exame, que foram previamente observados pelos especialistas clínicos.

Por isso, uma empresa que emite laudos virtuais deve ser composta por médicos com notório saber, que sabem distinguir pequenas nuances nos achados do exame ou desconsiderar algo sem importância.

Empresas que investem em inovação

A segurança dos laudos do paciente é mais uma das preocupações para aquelas empresas clínicas que se destinam à organização dos processos, à redução de custos operacionais e ao oferecimento de serviços de qualidade.

Também deve estar atenta à produtividade das atividades geradas, à emissão de laudos de fácil interpretação e assinados eletronicamente e elaborar critérios para avaliar a percepção do paciente, do médico e do gestor.

Nesse contexto, devem prezar por inovações em todos os campos, pela facilidade de implantação e atualização, além de produzir indicadores que refletem o diagnóstico situacional da empresa.

Empresa atenta à LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados trouxe mais transparência no controle de dados gerados pelas empresas e, por isso, muitas tiveram que se adaptar aos novos requisitos exigidos.

Assim sendo, as instituições que contam com mecanismos corretos, fidedignos e que garantem a rastreabilidade dos seus serviços já despontam com um grande diferencial em relação às demais concorrentes.

Pensando nisso, os gestores e médicos devem apurar as funcionalidades e verificar se elas atendem às exigências da LGPD, para não terem problemas futuros quanto à fiscalização dos órgãos competentes.

A proposta da Neomed

A Neomed é um marketplace que cumpre todos os requisitos apresentados acima para a geração de laudos médicos de exames por método gráfico (ondas), assegurando documentos completos e objetivos.

Dentre os exames de método gráficos realizados, destacam-se o eletrocardiograma, holter, monitorização ambulatorial de pressão arterial (MAPA), eletroencefalograma simples e prolongado, mapeamento cerebral e espirometria.

Também está adequada à Lei Geral de Proteção de Dados, por meio de inovações nas atividades, monitoramento de indicadores e consoante evolução nos serviços para atender os mais exigentes gestores e aprimorar os padrões de qualidade e de produtividade.

A segurança dos laudos do paciente, associada à produtividade e à qualidade na elaboração e construção desses documentos, é essencial e inovadora para o mercado de saúde digital. Sendo assim, as empresas devem prezar por propostas efetivas e condicionadas aos preceitos da LGPD, como é o caso da Neomed.

Entendeu sobre a importância da segurança de laudos dos pacientes? Então, entre em contato conosco e veja nossos benefícios!

Você também pode gostar

Deixe um comentário