O que é PACs? Entenda quais os benefícios dessa tecnologia

o que é pacs
6 minutos para ler

Saber o que é pacs e como essa ferramenta está revolucionando os critérios diagnósticos da atualidade possibilitará mudanças na perspectiva dos gestores em relação à assistência à saúde.

Isso porque o pacs proporciona melhoria nos exames radiológicos gerados, impactando positivamente na qualidade e produtividade dos serviços além de trazer mais confiabilidade no diagnóstico.

Outro ponto interessante é a percepção do paciente, observada indiretamente devido a maior agilidade, avaliação detalhada das nuances de um exame e finalização do laudo em menor tempo se comparado aos métodos tradicionais.

Por isso, se quiser entender o que é pacs e suas vantagens, fique por aqui e conheça essa metodologia eficiente e segura! Boa leitura!

Afinal, o que é PACS?

PACs é a sigla para uma plataforma de multimodalidade destinada ao arquivamento de imagens médicas e vem do inglês Picture Archiving and Communication System. Por meio dessa ferramenta é possível que os médicos trabalhem a imagem em diversas formas.

As principais funcionalidades do pacs incluem possibilidades de visualização das imagens obtidas durante o exame em diferentes formatos, nos sentidos múltiplos de rotação, inversão e delineamento dos dados obtidos.

Também é possível modificar a coloração das partes capturadas durante os procedimentos, destacando aquelas de interesse patológico, fazer filtros de densidade e intensidade adequada para análise, entre outras opções.

Além disso, o sistema pacs é compatível com diferentes softwares, viabilizando sua integração com dados clínicos e de faturamento relacionados a conta hospitalar/ambulatorial do paciente a fim de levantar os custos de cada procedimento realizado.

Outra vantagem do sistema pacs é a emissão de laudos digitais facilitando a entrega desse documento por plataformas virtuais, para os profissionais que solicitaram o exame e para os pacientes que aguardam ansiosamente pelo resultado.

Quais sãos os benefícios do pacs?

O sistema de arquivamento pacs tem diversas vantagens se comparado aos métodos tradicionais de tratamento de imagens, principalmente devido ao advento da tecnologia para gerar imagens mais nítidas no segmento da medicina diagnóstica.

Por isso, listaremos a seguir, as principais vantagens do sistema pacs. Leia mais.

Imagens apresentadas em alta resolução

Visualizar imagens radiológicas em alta resolução e, em poucos minutos, tornou-se rotina para os médicos que já dominam o sistema pacs. Porém, outros profissionais ainda operam com os métodos ultrapassados e tendem a ficar mais inseguros quanto ao problema identificado no paciente.

Os benefícios da obtenção de imagens em alta resolução são notórios tanto para o profissional que executa e conduz o procedimento no paciente quanto para o médico que laudará o exame, contribuindo para confirmação do diagnóstico.

Assim será mais fácil descartar qualquer anormalidade patológica que antigamente gerava dúvidas e necessitava de novos exames para confirmação do diagnóstico, algo que a nitidez das imagens obtidas no pacs já resolveu.

Nesse sentido, a melhoria das imagens evita a realização de novos exames que pouco contribuirão para desvendar as anormalidades patológicas e submeterão os pacientes a procedimentos desnecessários.

Maior facilidade e rapidez nos exames

A evolução das imagens diagnósticas obtidas pelo sistema pacs alterou significativamente a rotina das instituições clínicas. A partir de imagens descritivas dessa plataforma, o resultado fica pronto em menos tempo.

Consequentemente, a produtividade dos serviços aumenta sem alterar a qualidade das atividades, proporcionando vantagens clínicas, econômicas e humanísticas no contexto radiológico.

Além disso, devido à compatibilidade com outros sistemas, o pacs permite resgatar o histórico de exames, mostrando a evolução clínica do paciente para prever o prognóstico mais condizente com a situação, algo impensável nos outros modelos.

Viabilidade na distribuição dos resultados

O processo para realização de exames antigamente era moroso e sem efetividade, pois dependia do médico finalizar suas rotinas de procedimentos para depois estudar cada caso separadamente. Se a instituição estivesse movimentada, a atividade de laudar ficava em segundo plano.

Atualmente, os exames podem ser feitos na instituição de saúde e enviados por plataformas idealizadas pela telemedicina para empresas terceirizadas em laudos, otimizando a elaboração desses documentos.

Com isso, o resultado de exame fica pronto em menos tempo e ainda é possível enviá-lo por e-mail, aplicativos de mensagem, armazenamento na nuvem e tantas outras funcionalidades que aperfeiçoam cada vez mais esse processo.

Redução de custos globais

A implantação do pacs como método de arquivamento de imagens médicas substituirá outros softwares que foram implementadas separadamente, causam transtornos e perda considerável no tempo de serviço.

Isso porque as imagens obtidas podem ser integradas aos outros sistemas, sem necessidade de consolidar individualmente cada caso clínico, evitando refação de procedimentos que tende a gerar erros.

Então, com a inserção do pac possivelmente algumas plataformas informatizadas perderam sua funcionalidade, otimizando as atividades, aumentando a produtividade e gerando menor custo de manutenção desses softwares.

Isso facilitaria significativamente a rotina das atividades em que no cenário desanimador ocorrem aberturas de registro do paciente em sistemas incomunicáveis causando ineficiência do serviço.

Como o sistema pacs permite algumas modificações em sua estrutura para atender demandas de empresas de portes diferentes, será possível futuramente operar apenas com um sistema vinculado a outro igualmente importante como o RIS.

Melhoria da percepção do paciente

Muitos pacientes se queixavam da longa espera pelo resultado do exame radiológico enquanto médicos relatam pouca nitidez das imagens, o que dificultava a implantação das condutas clínicas.

Felizmente, o sistema pacs trouxe grandes melhorias nessas perspectivas, pois a emissão de laudos ficou mais rápida e completa. Com isso, mesmo não sabendo de qual método se trata, os pacientes percebem essa mudança positiva.

Nesse sentido, avaliam a rapidez nos laudos médicos, a possibilidade de obtê-los em diversos formatos e a garantia de sigilo das informações que são encaminhadas, principalmente quando se trata de doenças com grande impacto clínico e social.

Por isso é fundamental que os gestores da clínica avaliem constantemente a percepção do usuário desses serviços a fim de apurar suas principais necessidades e readequá-las ao padrão de excelência que busca na instituição.

Saber o que é pacs e qual é a sua influência para as atividades diagnósticas consiste no primeiro passo. Em seguida é fundamental levantar a possibilidade de sua implantação, treinar funcionários e avaliar constantemente por meio de indicadores clínicos, financeiros e humanísticos a efetividade dessa plataforma.

Gostou de conhecer a ferramenta pacs? Então, fique por dentro de outro assunto dessa área lendo também sobre Exames de métodos gráficos: qual é a importância da tecnologia?

Você também pode gostar

Deixe um comentário