Neomed recebe aporte de R$ 6,5 milhões e avança para jornada digital do paciente

4 minutos para ler

Encurtar distâncias entre o sintoma e o tratamento. Esse é o propósito da Neomed e que norteia as quatro principais linhas de negócio da nossa empresa no mercado brasileiro.

Lançada em 2019, a plataforma Octopus conecta em uma ponta médicos altamente capacitados e, na outra, clínicas e hospitais que recebem o laudo de exames no mesmo dia. O sistema também funciona no modelo B2B SaaS, ou seja, o cliente pode adquirir o produto para fazer a gestão automatizada e centralizada dos laudos com médicos próprios.

Em 2021, a Neomed avança sua atuação passando a olhar toda a jornada digital do paciente e, assim, diminuir ainda mais o tempo e a distância entre o sintoma e o tratamento. São duas novas verticais: a jornada digital do paciente crônico e a jornada digital do paciente agudo.

No caso do paciente crônico, a Neomed entra nas farmácias para ajudar os mais de 40 milhões de brasileiros que sofrem com a pressão arterial elevada (hipertensos). Para tanto, a empresa atuará desde o treinamento e aplicação do exame MAPA, passando pelo laudo, diagnóstico, tratamento, acompanhamento e engajamento do paciente via tecnologia.

Para pacientes agudos, a solução visa agilizar o diagnóstico e tratamento nos casos de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) nas emergências dos hospitais. A solução faz uso de algoritmos de Inteligência Artificial (IA) na análise de exames de Eletrocardiograma (ECG), sinalizando automaticamente em até 5 minutos para o plantonista in loco se o exame está normal ou alterado. No caso de alteração, a IA indica o ponto de atenção no exame do paciente para que o médico consiga iniciar o protocolo de atendimento nos casos de infarto.

Esses dois projetos já começam a rodar nas próximas semanas com dois grandes players do mercado ao nosso lado para entregar uma jornada digital completa ao paciente, melhorando a expectativa de vida de milhares de pessoas e avançando ainda mais com nosso propósito de diminuir distâncias na saúde“, diz o médico neurologista Gustavo Kuster, CEO e Fundador da Neomed.

A entrada de investimento vem justamente para ampliar o negócio para esses dois novos projetos. A captação foi liderada pela Positive Ventures, um fundo de impacto brasileiro. Participaram também a IKJ Capital, Provence Capital, Aimorés Investimentos e investidores-anjo como Ricardo Villela Marino, de uma das famílias que controlam o banco Itaú e Alexandre Soncini.

(Na foto de destaque acima: da esq. p/ direita: o fundador e CEO da Neomed, Gustavo Kuster, e os co-fundadores Izabelle Ferreira, CFO, Bruno Farias, CPO e Luigi Pizzichemi, COO)

Sobre a Neomed
A Neomed é uma empresa brasileira de tecnologia na saúde que visa diminuir a distância e o tempo entre sintomas e tratamento de pacientes. Fundada em 2016, a empresa melhora a cadeia digital da saúde e reduz custos no processo de laudos de clínicas e hospitais com alta tecnologia embarcada na plataforma proprietária, Octopus. Mais de 30 médicos altamente capacitados analisam exames cardiológicos, neurológicos e pulmonares, e devolvem o laudo para clínicas e hospitais em no máximo 24 horas, no caso do ECG, em até 5 minutos – reduzindo o custo do processo em 60%. A Neomed já ajudou mais de 300 mil vidas e está presente em mais de 150 clínicas, hospitais e laboratórios de grupos como Hapvida, Dasa, Hermes Pardini e Alliar. Em 2021, passa a ampliar sua atuação com soluções tecnológicas desenvolvidas para as jornadas digitais de pacientes crônicos e agudos.

Você também pode gostar

Deixe um comentário